h1

Os descendentes de Eva

julho 10, 2009

Meu pensamento é meio doido. Estou lendo um livro chamado Jules e Jim (virou filme em 1962, e no Brasil recebeu o nome de “Uma mulher para dois”). Fiquei confusa com a descrição de tanta liberdade sexual e sua cronologia, já que o início do livro data o ano de 1907. Como comprei o livro por acaso, em minha ida a um charmoso cinema de rua, acompanhando o Felipe a ver “Transformers 2” e como nunca tinha ouvido falar do livro, do filme ou dos autores, fui perguntar ao Grande Deus Google, e aí descobri que a obra possui dois pais! Tem o autor original que é o Roché (Que parece ter se inspirado em sua história pessoal de um triângulo amoroso pra escrever Jules e Jim), e tem  François Truffaut que passeava por Paris e encontrou as escritas de Roché num Sebo em 1950 e o transformou em filme, tornando a história e o nome de Roché mundialmente conhecidos.

Ai! Me confundi! Peraí! Voltando… à cronologia: O Google me disse que o Roché nasceu em 1874. Puta-que-o-pariu! Então tudo aquilo aconteceu meeeeeeesmo na época que Roché conta! Ô pessoal evoluído, esse europeu! Lembrei que minha bisavó nasceu em 1907 (mesmo ela inventando que o cartório do seu registro pegou fogo, e como ela casou fugida, por isso sem documentos, Nézinho (meu bisavô) inventou pro juiz que ela era de 1907, mas que ela era beeeeeeem mais nova), mesmo não sabendo o que aconteceu durante aquela fuga (meus familiares que me perdoem), não consigo lembrar de uma velhinha tão evoluída, como o que acontecia no ano de seu nascimento em Paris. Aí concluí que essa evolução sexual, só podia mesmo ser coisa de europeu, que minha bisa, em toda a sua fuga por aqueles sítios, cidadezinhas e meio do mato, não teria vivido coisas semelhantes a que estou lendo.

Engraçado que me choco mais com a facilidade que eles têm em aceitarem as coisas do que com os próprios fatos. Não, não vou contar o que acontece… se quiser posso te emprestar depois, mas devolve! Não consigo me desprender dos meus livros.

COL314O-Conflito-de-Adao-e-Eva-com-Santanas

Tá, mas até agora o título do post não está explicado. É, eu sei. Mas, já chego lá, ou pelo menos vou tentar explicar.
Percebi que a rampa que desço na estação de Triagem (todos os dias) tem o poder de me fazer pensar coisas estranhas. Hoje, descendo pra pegar ônibus e pensando na leitura interrompida, minha mente viajou e sabe-se lá porque a Eva (é, aquela expulsa do paraíso) se meteu nos meus pensamentos. Acho que foi porque ela era uma mulher à frente do seu tempo assim como todos os personagens do livro. Primeiro, porque foi a primeira do mundo. Segundo, porque abriu mão de toda a beleza do Jardim, desobedecendo a Deus e conversando com uma serpente (acho que no jardim já rolava uma erva queimada) que a fez comer o fruto proibido e dar (a maçã) pro Adão até serem finalmente expulsos do paraíso! Ehhh mulherzinha moderna!

Aí pensei: – Cara?! Nós estamos andando pra trás! Se Eva e Adão, eram os únicos humanos na Terra, e geraram filhos e filhas. E esses filhos e filhas também tiveram filhos e filhas, entende-se que eles procriaram entre irmãos!

 – Ai meus Deus, me perdoe se isso for contra os seus ensinamentos, prometo não descer mais aquela rampa de Triagem, é tudo culpa daquela rampa!

 É… preciso me tratar!

Anúncios

10 comentários

  1. Já me peguei pensando nisso algumas vezes também, amiga!

    De duas a uma: ou a história de Adão e Eva não passa de uma história, ou realmente eles eram bem moderninhos. Mas, acho mais provável que eles sequer tenham existido. E a cobra, pobre coitada, ficou com o estigma de pecadora… hehehehe.


  2. agora que você conhece a Catherine, dá uma olhadinha no filme. Não é dificil encontrar o DVD. Você vai conhecer também Jeanne Moreau, uma grande atriz francesa de todos os tempos (está bem velhinha agora)Preste atenção, pois essa história também fala de amizade, coisa rara de se ver por aí, hoje. Que não te faltem muitas rampas por aí.
    beijos também prá Monique…


  3. Nossa! Tô sentindo dores na barriga de tanto rir, garota!
    Acho que no jardim já rolava uma erva queimada…kakakakakakakaa
    A melhor de todas!
    Ótima!


  4. […] do Caio”. Saí da empresa pontualmente com a Van contratada às 17h40min. Peguei chuva, subi a rampa de Triagem, Esperei o Metrô. O Metrô foi e eu não. Esperei outro, ainda não foi dessa vez. Fui no terceiro […]


  5. Olá!
    Encontrei esta sua página por acaso, procurando por imagens de Adão e Eva.
    Você escreve super bem, o que acho muito raro, principalmente neste ambiente internetal.
    Texto cabeça e bem humorado.
    Só nunca entendi uma coisa: Por que esses grandes pintores retratam os dois com umbigo?


  6. É verdade Donghan, não deveriam ter mesmo… rs muito bem observado!


  7. VOCE É LOUCA GAROTA, VAI PROCURAR TRATAMENTO, OU MELHOR VAI PROCURAR DEUS!!!!!!!!


  8. Oi Fatima,

    Que bom que visitou meu blog. Desculpe-me se pareci ser doida, ou não acreditar em Deus. Pelo contrário acredito e muito. Tudo o que tenho na minha vida, dou graças a ele. Só, sou questionadora e sinceramente não acredito na povoação do mundo via Adão e Eva.


  9. Por que Adão e Eva têm umbigo? Adão veio da argila e Eva de uma costela, consequentemente, não sendo gerados em um ventre, não têm cordão umbilical, o que não deixaria a primeira cicatriz chamada umbigo.

    aermatao@hotmail.com


  10. a noção de família vem de quando? quando colocamos na cabeça a idéia de família? esses agrupamentos? família real será que significa família do outro lado? continue descendo a rampa, pode ser bom.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: