h1

Os caras que se acham a “última coca-cola do deserto” / E as mulheres capacho que os fazem acreditar nisso

abril 2, 2009

ultima-coca3

 

Segundo o Aurélio:

-Homem: Substantivo masculino.  1.Qualquer indivíduo de uma espécie animal de mamíferos bípedes, simiiformes, mas com grande desenvolvimento cerebral, capacidade de fala e raciocínio; 2. A espécie humana; a humanidade. 3. Ser humano do sexo masculino; varão (hahahaha às vezes não!) . 4. O homem (3) sexualmente maduro, ou na idade adulta.

 

-Deserto: Adjetivo. 1.Desabitado, despovoado. Substantivo masculino. 2.Fitogeogr. Região que recebe anualmente precipitação de água inferior a 250mm, ou, então, em que esta precipitação é maior, porém distribuída de forma heterogênea, do que resultam pobreza de vegetação e fraca densidade populacional.

 

- Mulher: Substantivo feminino. 1.Ser humano do sexo feminino. 2.Restr. Mulher (1), após a puberdade.  3.Esposa (Como é que é Aurélio?!)

 - Capacho: Substantivo masculino. (Tinha que ser, né?!) 1.Tapete de grossas fibras ásperas, posto às portas, para limpeza da sola do calçado. 2.Fig. Indivíduo servil; pelego.

 

 Segundo meu paladar e vício:

 - Coca-cola: Líquido de cor escura, cheia de gás, estupidamente gelada, refrescante pra “carai” e que ao ingerir em longos goles, desperta em seu corpo verdadeiras erupções  extravasadas em momentos de puro êxtase simbolizados por sons parecidos com “burp” (quando educado) e “Ahhhh”.

 

 Ou seja, o “homem última coca-cola do deserto” é o cara que se acha literalmente tão indispensável quanto a última coca-cola do deserto! Dã!

E a mulher capacho é a que se permite ser pisada pelo exemplo acima, virando degrau para a auto-afirmação do mesmo.

 Para não encher o saco, substituirei ao longo do texto as expressões “homem última coca-cola do deserto” por “idiota” e “Mulher Capacho” por “MC”.

 

 Como identificar estes tipos*?

 Quanto maior for a sua rede de relacionamentos, maior será o número de vezes que ouvirá falar destes meliantes. Não precisa ficar atento. Para encontrá-los, basta identificar MC’s que possuam como características: baixa auto-estima, falta de amor próprio, excesso de carência ou que simplesmente depositem no “parceiro” a única maneira de ser feliz. E pode ter certeza que por trás de um “homem última coca-cola do deserto”, sempre haverá uma, ou mais mulheres capazes de fazê-lo acreditar nisto.

 

 A MC faz tão bem o seu papel, que o idiota realmente acredita que ele pode fazer qualquer coisa (eu disse qualquer coisa) que continuará sendo insubstituível, inesquecível, idolatrado e nunca, jamais abandonado.

 

 

O Idiota tipo 1: Adooooora  chamar atenção. Como não possui atributos suficientes para tal feito, puxa o capacho para auxiliá-lo, somente conseguindo aparecer quando diminui a MC. E para atingir seus objetivos usa e abusa (aliás, ele adora usar e abusar de qualquer coisa) de termos como “burra”, “lerda”,“ridícula”,“songamonga”… Quando pode (quando tem platéia), arrisca comparações do tipo “Fulano é quem é feliz com a mulher que tem” ou ainda menospreza qualquer tipo de conquista realizada pela MC “tá toda se achando com esse seu empreguinho”, “Só não te largo porque tenho pena”. Estes comentários detonam qualquer restinho de auto-estima que a MC ainda possa ter e por isso, ela se torna cada vez mais dependente do idiota.

 

 O idiota tipo 2: Adooooora demonstrar para “sua MC” o quanto é desejado por outras mulheres. Para isso ele se torna muito simpático, muito engraçado, muito prestativo, muito disponível, alguém realmente gente boa! O problema é que ele só foi assim com a MC na fase da conquista e hoje continua sendo assim somente com as outras! Eu disse gente boa? Tá explicado! Todo mundo sabe que ao falar em “cara gente boa” estamos mesmo falando de um “cara fraco de aparência”, feio mesmo, e como o exemplo aqui é o Idiota 2 provavelmente namora uma MC linda! Ele é feio, inseguro e sabe que a MC é areia demais pro seu caminhãozinho de plástico, e então transfere toda a sua insegurança pra ela.

 

 O idiota tipo 3: Adooooora se fazer de bom moço. Só se faz. Tudo que consegue da MC é pedindo com jeitinho, fazendo “carinha de cachorro que caiu da mudança” e costuma usar apelidinhos no diminutivo. Aliás, tudo nele é “inho”. E a MC vai acreditando que este “lobo em pele de cordeiro” é mesmo o melhor “homem última coca-cola do deserto” do mundo de todos os desertos, e nem percebe o quanto se anulou ao longo da relação. Deixou de fazer o curso que queria porque ele a acha franzina demais pra agüentar a viagem e o cansaço que o curso iria lhe causar, e além do mais, ela não precisa do curso, o idiota tipo 3 estuda, trabalha e se dedica para sempre dar a “sua” MC uma vida de rainha. Deixou de ser loira, porque as loiras são sempre mal-vistas, e a cor, segundo o idiota não combina com sua personalidade de mulher pura. No meio da relação a MC já foi toda reprogramada e já não sabe mais quem é ou do que gosta, só tem certeza que seu “idiotinha tipo 3” é mesmo o genro que toda mãe gostaria de ter.

 

 O idiota tipo 4: Adooooora pegar geral mas, não larga o osso da MC. Este é o tipo mais complexo dos idiotas. Se alguém souber por que ele insiste na relação falida, por favor, poste um comentário. Acho que este tipo se mistura com os demais. Assim como os outros, ele também precisa se sentir importante, e como nem sempre as outras que ele pega se submetem ao título de MC, ele precisa do seu porto seguro para que o mastro da bandeira “eu sou um homem última coca-cola do deserto” seja fincado. Todos as pessoas do convívio do “casal” sabem que o idiota não respeita a MC, mas ele não faz a mínima questão de esconder isso. Se julga e esperto subestima a inteligência da MC desmentido todas as histórias que a pobre fica sabendo, aí ele age como o idiota tipo 3 e diz que as pessoas têm inveja da relação deles e que ele precisa dela (só esquece de mencionar pra que).

 

 O idiota tipo 5: Adooooora ficar com os amigos. Gosta tanto, e faz com tanto prazer que até esquece que tem uma MC esperando por ele. Dá até pra desconfiar da opção sexual deste idiota, mas não acredito que homossexuais sensíveis do jeito que são, fariam uma coisa dessas. A MC até tenta lembrá-lo que ela existe e liga insistentemente até que a bateria do celular descarregue e o idiota não possa identificar as chamadas. Bem, pelo menos é isso o que ele diz quando encontra uma MC aos prantos ligando pra tudo quanto é hospital, delegacia e casa de parentes.

 

 

 * Os tipos aqui enumerados não possuem relação grau de idiotice com a ordem numérica a qual foram listados. A autora tem consciência de que ainda faltam muitos outros tipos de idiotas a serem identificados, porém serão necessários mais alguns anos, já que esses seus quase-trinta ainda não foram capazes.

 

 

  Antes que o Ramon diga que sou feminista demais, você pode ler o texto substituindo as MC’s por HC’s! Sendo que na Idiota tipo 3, ela vai colocar o coitado pra ralar MESMO e por mais que o HC dê força para que a idiota faça algo útil da sua vida ela continuará dizendo que se ele a tirou da casa da mãe, tem a obrigação de lhe dar vida de rainha!

 

 

 Se você é um idiota, está na hora de aprender a ser gente. Se você é uma MC faça-te-o-favor-de-ser-livre-pra-poder-sorrir e vá em busca da verdadeira felicidade.

 Se você conhece alguma MC envie o link do blog. Se conhece um idiota, manda prender!

About these ads

15 comentários

  1. Entao quer dizer que todo mundo sabe que ao falar em “cara gente boa” estamos mesmo falando de um “cara fraco de aparência”???
    porra vc já falou que eu sou gente boa….
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E não vou deixar de dizer que é feminista , seu blog é feminista!!!rsrsrsrsrsrs
    Mas acho que realmente existam pessoas desse tipo mesmo.E sei que nós (homens) somos seres humanos cheios de defeitos e imperfeições so que tem uma boa parte que presta e que tem algum resquiço de dignidade e valor que hoje em dia já não se vê mais como antes , tanto nos homens QUANTO nas mulheres!E ninguém pisa , humilha ou diminui alguém que se goste de verdade e se “alguns” homens se tornam “idiotas” e porq “algumas” mulheres se sentem bem no papel de “MC” o que talvez algumas sejam…
    Porq o que mais eu encontro por ai são mulheres que não tem um pingo de personalidade , de amor própio , de opnião , então essas pessoas se merecem de verdade um “idiota” e uma “MC” são o par perfeito e na minha opnião são DOIS IDIOTAS.Quem se presta ao papel de “MC” julgo que a mesma não pensa axo que uma boneca inflável seria igualmente util , e um “idiota” que prefere viver ao lado de uma “MC” do que ter uma mulher segura , decidia , independente , que não aceita ser desrespeitada so poderia mesmo ser chamado de “idiota”.Não se pode julgar so um lado , mesmo vendo que um dia no passado ja tive um pouco de alguns desses idiotas citados e acredito que todos nós ja fomos algum deles um dia , mas o que falta realmente pra ambas as partes é um pouco mais de amor , respeito e dignidade!


  2. Não se pode julgar so um lado , mesmo vendo que um dia no passado ja tive um pouco de alguns desses idiotas citados e acredito que todos nós ja fomos algum deles um dia , mas o que falta realmente pra ambas as partes é um pouco mais de amor , respeito e dignidade!

    CONCORDO COM O RAMON E ASSINO EMBAIXO.

    Precisamos é entender que ter alguém não é sinônimo de estar bem, e que muuuuitas vezes é bem melhor viver solteiro e EM PAZ.O que estraga não é estar ou ser, mas viver na ânsia do PRECISAR ESTAR COM ALGUÉM, e isso, ninguém precisa (demorei mas aprendi rsrsrs)


  3. Aleluiiiaaaaa alguém concordou comigo haahhahaha


  4. Realmente nem sempre ter alguém significa estar bem ou melhor axo que nenhum de nós nunca “teremos” alguém , o que agente precisa é participar da vida de alguém e deixar que participem da nossa que nos deem o que naum temos ou naum encontramos ainda em outra pessoa , mas esta cada dia mais e mais dificil.Tudo se tornou tao banal que naum existe mais o prazer da conquista e nem o prazer de se conhecer uma pessoa pelo que ela é , a cada dia que passa eu conheço mais e mais gente que naum se importa com o que passa dentro do outro ou o que é pior , dentro de si mesmo. Mas tb conheci “pessoas” que me deram um pouco de esperança de que vc pode um dia conhecer alguém que te impressione naum por um corpo bonito mas pelo fato de serem diferentes e mesmo assim vc ficar de queixo caido.O rumo que tudo leva hoje é perfeito para homens idiotas e mulheres capacho mas vai saber quem é o verdadeiro idiota ou quem realmente é capacho né!


  5. …”baixa auto-estima, falta de amor próprio, excesso de carência ou que simplesmente depositem no “parceiro” a única maneira de ser feliz”…


  6. E como saber se o homem legal de hoje e que já possivelmente foi um idiota não repetirá a dose? EIS A QUESTÃO rsrsrs
    Relacionamento vai variar sempre e isso faz parte, não quer se envolver, correr riscos? namora uma planta, deve ser bem menos emocionante!rsrsrs
    A verdade é que cada uma das pessoas que conhecemos, nos relacionamos, tanto no pessoal quanto no profissional, acrescenta algo em nós, e é isso que vai nos transformando em quem somos.Sejam essas trocas boas ou ruins.A parte chata é que se tá ruim, só enxergamos quando saimos, mas se sairmos, já vale o aprendizado e o amadurecimento.Dificilmente o erro será repetido.
    Uma vez MC é tolerável, duas eu voto pra ser presa junto ao idiota das suas obervações amiga rs


  7. Virou “chat” de debate isso aqui??? hehehe

    Adorei, tanto o texto quanto os comentários, e devo dizer: existem MCs e Idiotas incurávies, é fato, lamentável, mas é. E esses todos, francamente, parecem não terem “razão de existir”. Pode botar tudo junto na mesma cela !!!

    Mas, felizmente nem todos são casos perdidos. Às vezes, pode demorar uma vida inteira, mas uma hora eles saem desse “transe”, já vi casos assim com gente bem idosa, quando se pensa que “é tarde demais…”. Da mesma forma que já vi gente idiota morrer idiota, afe!

    Só sei que li os seus exemplos e para cada um deles, me veio um (ou vários) exemplos na cabeça, e aposto que alguns te serviram de inspiração para esse post…

    Viu? Pronto!!! Acabamos de encontrar uma ultilidade para esses otários: inspiração para escrever! ;-)

    Beijão amiga!


  8. risos Extamente Beta. Tem MC e tem muito idiota que não gosta ouvir, então aproveito o caneta digital pra poder falar o que penso sem pra isso perder a amizade!

    É Sherly, de tudo que passa, precisamos ser espertos o suficiente pra tirarmos aprendizado e a certeza de não mais nos permitirmos certas coisas.

    Beijos em todos!


  9. Dá para atualizar?
    ;-)


  10. … interessante saber o que as mulheres (muitas, diga-se de passagem) pensam ou tem certeza de que cada vez mais homens não sabem nada da natureza oposta… Isso tudo gera um sentimento de paternalismo… ou conformismo… ainda não sei… a verdade que eu sei tão pouco de mim e mesmo assim me esforço… agora imaginem outros tantos (homens) que acham que sabem algo da sua propria natureza… e na verdade não pensam… em nada… quanto mais na condição de ser ou, mais ainda Darwiniano… de existir….
    Acho que ainda vamos galgar nas entranhas de nossos egos…numa depressão ainda maior que é a falta de apenas…ser… algo simples, transparente, sensível… humano…


  11. Caracaaaaaaa, eu conheço idiotas de todos os niveis. Rrsrsrsr Tava dando uma olhada no meu blog, depois comecei a viajar no google sem destino e encontrei esse aq. Nossa, eu ja sai com “idiotas” e também tenho amigos com essa conduta, todos falam que sou muito feminista… Mas por outro lado debocham, criticam, falam mal o diabo a quatro de mulheres assim! Ao ler o texto, pensei: Brincadeira, ela deve conhecer os meus amigos que sao galinhas… rsrsr Sempre acontece desses meus amigos contar alguma historia engraçada, so que eles nao chamam mulheres assim de capacho, chamam de MARMITAS… Eu ate costumo zuar perguntando a eles: Pq vcs n falam da broxada? Da ejaculação precose? Dos tocos que levou? Eles caem na risada.
    Gostei do blog, da escrita descontraida. Parabens!


  12. Gostei muito! Eu fui uma MC! 0_0′


  13. booooaaa… adorei! conheço várias MC’s e alguns idiotas… total de acordo com as MC’s sustentando a crença… “‘última coca-cola do deserto”… vamos acreditar mais na lata néh mulherada hahahaha… lata e conteúdo ;)


  14. Adorei o texto. Me identifiquei muito porque já fui MC um dia quando namorei 6 anos um idiota do tipo 1. Isso até o dia que decidi acordar e mandei ele pro inferno. O infeliz se achava tanto que demorou meses pra acreditar que realmente eu não o queria mais. Achava que uma hora eu ia perceber que não podia viver sem ele. Hahahaha. Nunca mais o procurei. E o melhor disso é que depois dessa experiência lastimável, eu aprendi a me dar o valor que eu mereço. Agora é assim: teve alguma atitude que mexa com a minha auto-estima….é TCHAU!!!! Algumas amigas minhas que se sujeitam a ser uma MC até me chamam de radical, exigente e dizem que por isso estou sozinha. Não me importo. Prefiro estar só do que sofrendo ao lado de um idiota que só olha pro próprio umbigo.


  15. Nunca fui e nem me submeti ser MC, mas conheço muitas. Pena que muita gente – homens inclusive – se submetam a um relacionamento ruim. Como vc disse, caras ruins ficam “se achando”, e achando que todas as mulheres são MC . Por isso estou solteira, mas sozinha por opção. Encontrar vários tipos de cafajestes é fácil, difícil é o cara legal pra valer. Comigo, definitivamente, os cafinhas não tem chance.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: